×

Entenda o que é centro de custo e como aplicá-lo no financeiro do seu escritório

25 novembro, 2021

A gestão de uma empresa é um processo que envolve diversas atividades e estratégias, e entender o que é centro de custo é um ótimo passo para ter um desenvolvimento mais sustentável.

Quem tem a experiência de gerenciar uma empresa, já sabe o quão necessário é ter conhecimento em diversas áreas para otimizar os processos, aumentar a lucratividade e desenvolver a produção dos produtos ou serviços para se destacar no mercado e manter a saúde financeira em dia. 

Porém, como manter as atividades em ritmo de crescimento perante às mudanças na economia e no mercado? Uma das principais ferramentas a serem adotadas por uma organização que deseja se desenvolver com mais segurança é o centro de custo, que pode ser aplicado em empresas de qualquer porte e segmento.

O centro de custo, como o próprio termo sugere, é uma ferramenta de gestão de custos que oferece diversas vantagens às empresas que a utilizam. Porém, como aplicar o centro de custo no seu negócio? Prossiga na leitura deste artigo e saiba mais!

O que é centro de custo?

Se você deseja analisar as finanças de sua empresa de forma mais estratégica e inteligente, o centro de custo é uma ótima ferramenta para ajudar você a entender tanto as receitas quanto as despesas de cada área do seu negócio, com o objetivo de direcionar seus investimentos a áreas com maior potencial. 

Com o auxílio dessa ferramenta, torna- se mais fácil o processo de reduzir despesas, prever os gastos de cada setor da organização, aumentar a lucratividade e exercer uma gestão mais eficaz sobre a área financeira do empreendimento.

Assim,o centro de custo se refere ao método de dividir a empresa em unidades menores, efetivando um controle mais preciso sobre as receitas e despesas de cada projeto, área, setor ou equipe. Por meio desse método, a visão dos números da empresa é ampliada, ajudando você nos momentos de tomada de decisão.

Por que vale a pena utilizar o centro de custo?

O centro de custo não é mais somente um método que muitos empreendedores estão implementando, mas é uma ferramenta potente para melhorar a saúde financeira e desenvolver as suas atividades com segurança, credibilidade e sustentabilidade.

Além de ajudar você a analisar com mais profundidade os ganhos e gastos da sua empresa, a implementação do centro de custo também gera diversas outras vantagens a longo prazo, entre elas:

  • aumento da autonomia de cada área da organização;
  • melhorias na distribuição dos investimentos;
  • mais eficácia no controle de gastos;
  • facilidade em tomar decisões estratégicas;
  • análise de dados sólidos de cada setor;
  • planejamentos mais eficientes;
  • redução de despesas e imprevistos;
  • otimização de tempo e finanças;
  • aumento da produtividade e motivação da equipe;
  • alcance de metas e objetivos com mais praticidade;
  • melhoria na análise de resultados e escolha de estratégias.

Quais são os tipos de centro de custo?

Apesar de o termo centro de custo ser utilizado por algumas pessoas como sinônimo de centro de resultado, eles não significam a mesma coisa: o centro de custo se foca nos desembolsos realizados por cada departamento enquanto o centro de resultados analisa o quanto cada setor está gerando de lucro e resultados financeiros positivos.

Sabendo disso, é importante conhecer também os tipos de centro de custo, que normalmente são divididos em dois: centro de custos produtivos (centros diretos) e centros de custos não produtivos (centros indiretos ou administrativos).

Os produtivos são referentes aos setores que impactam diretamente na geração de lucros de um empreendimento, como os departamentos de vendas e marketing, por exemplo. Já os não produtivos são os que não apresentam relação direta com a geração de lucros, como o administrativo e o RH, por exemplo, que geram somente despesas.

Como definir os centros de custos para o seu negócio?

Apesar de alguns setores não gerarem lucros, é válido pensar que todas as áreas são essenciais para que a sua empresa mantenha o desenvolvimento de suas atividades sempre em alta, então é importante dividir as despesas entre os centros de custo. Entretanto, como fazer a escolha dos centros de custos para a sua empresa?

Com o objetivo de ter um processo mais eficaz, é recomendável fazer uma divisão em pelo menos três centros da sua organização, como produção, comercial e marketing, por exemplo. Porém, a depender da complexidade da sua empresa, é possível ter mais centros de custo.

Como aplicar os centros de custo?

Para aplicar esse método com sucesso em sua empresa, é necessário conhecer o tamanho e a estrutura do seu empreendimento e, assim, aplicar alguns passos para implementar a ferramenta, como?

  • dividir o escopo financeiro com base nos departamentos-chave do empreendimento;
  • listar todas as receitas e despesas do negócio, separando custos fixos e variáveis, e despesas fixas e variáveis;
  • dividir os gastos e ganhos em categorias;
  • distribuir receitas e despesas entre os diferentes centros de custos;
  • acompanhar o desempenho financeiro e os resultados obtidos constantemente;
  • investir em um software de gestão financeira.

É possível criar centros de custos com base em departamentos, unidades, projetos e serviços, entre outros critérios, isso vai depender da estrutura e dos objetivos da sua empresa. 

O processo de distribuir as receitas e despesas entre os diferentes centros de custo é um momento transformador para o seu negócio, gerando benefícios e resultados extremamente positivos na organização financeira empresarial a longo prazo. 

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado você a entender a importância de aplicar o centro de custo para melhorar a saúde financeira da sua organização!

Continue de olho em nosso blog para conferir mais informações sobre gestão de negócios, tecnologia, vendas, saúde financeira e dicas de marketing. Até logo!

× Como posso te ajudar?